O Novo Nascimento

O Novo Nascimento

Não se surpreenda pelo fato de eu ter dito: É necessário que vocês nasçam de novo. João 3:7(NVI)

Tornaria o homem ao ventre da mãe, e assim nasceria novamente ? Definitivamente, NÃO! O evangelho de João em seu terceiro capitulo narra um diálogo entre Jesus e Nicodemos, um mestre em Israel. Nicodemos era fariseu e membro do concílio de líderes judaicos, um mestre, ensinava nas sinagogas de Israel, homem de elevada posição. Sendo conhecedor da lei e das profecias messiânicas, ao conhecer Jesus e ver as obras que fazia, Nicodemos o reconhece como mestre enviado de Deus por causa dos sinais que operava(Jo 3;2). Tendo este vindo até Jesus durante a noite (não sabemos o motivo de ter procurado Jesus à noite), disse a Jesus: “Mestre, sabemos que ensinas da parte de Deus, pois ninguém pode realizar os sinais miraculosos que estás fazendo, se Deus não estiver com ele” (João 3:2). Jesus sendo Deus conhecia o coração de Nicodemos, e mesmo diante desta afirmação feita pelo mestre fariseu, Jesus sabia que faltava algo em Nicodemos que precisava ser mudado. Jesus diz para Nicodemos: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo”. (João 3:3). Nicodemos não compreende as palavras que Jesus lhe dissera, e responde com certa ironia: “Como alguém pode nascer, sendo velho? É claro que não pode entrar pela segunda vez no ventre de sua mãe e renascer!” (João 3:4) Jesus mais uma vez afirma a Nicodemos o que antes já dissera: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito. (João 3:5). Diante da reafirmação de Jesus sobre o novo nascimento, a ironia de Nicodemos sai de cena e dá lugar a uma grande interrogação em seu ser. Nicodemos não compreende o que Jesus está lhe dizendo, pois sua mente e seu coração estão pensando somente em coisas terrenas e limitadas a tempo e espaço, então julga ser impossível um novo nascimento. Jesus então percebendo a grande dúvida em que Nicodemos estava, começa a explicar a Nicodemos o que é o novo nascimento, conjecturando com minhas próprias palavras, Jesus dizia para Nicodemos: -Nicodemos… Para que você entre em meu reino não é necessário voltar ao ventre de sua mãe e sair de lá novamente, isso já aconteceu, não precisa acontecer de novo, pois carne e sangue não participam do meu reino; o meu reino não é deste mundo(Jo18;36). Para entrar no meu reino, tem que ser nascido do alto, ser nascido do Pai, para me receber como Rei e entrar em meu reino, não basta ter nascido da carne, é necessário que você tenha também nascido do Pai (Jo 1;13). Você precisa nascer da água e do Espírito, pois carne e sangue não podem herdar o meu reino, carne e sangue são coisas passageiras, mas meu reino é eterno(1Co 15;50); você precisa ser uma nova criatura conforme as minhas palavras e ser cheio do meu Espírito. Parecem tão simples as palavras que Jesus disse a este homem interessando no reino de Deus, mas, a verdade é que, esta é uma mensagem que se aplica não somente a Nicodemos, mas a todo homem e mulher da terra, de todas as nações e gerações. Jesus estava falando para Nicodemos uma CONDIÇÃO para entrar no seu reino. Nicodemos como já dito acima era mestre em Israel, um homem dotado de conhecimento, com elevada posição em sua nação, membro do concílio de líderes, um homem cheio de boas obras, aos olhos humanos talvez pudéssemos dizer: “Era este um homem que merece entrar no reino de Deus”. Mas Jesus foi bem claro ao dizer: É necessário que vocês nasçam de novo.(João 3:7). O apóstolo Paulo diz na primeira carta aos coríntios no capítulo 15 verso 50: Irmãos, eu lhes declaro que carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem o que é perecível pode herdar o imperecível. Dizer que “carne e sangue” não herdam o reino de Deus quer dizer que, o que nós somos(matéria), quem somos(status/posição), o que temos(bens materiais), e o que fazemos(obras), jamais nos farão herdar o reino de Deus, pois não há nada que o homem faça para “merecer o reino de Deus, “Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus;” (Efésios 2:8). Necessário é compreendermos isto, que precisamos de um novo nascimento para herdar o reino de Deus, pois somos uma humanidade caída, separada de Deus pelo pecado, vivendo constantemente em luta contra nossas próprias concupiscências Paulo escreveu aos romanos no capítulo 3, versos 10 a 18 o seguinte: “Não há nenhum justo, nem um sequer; não há ninguém que entenda, ninguém que busque a Deus. Todos se desviaram, tornaram-se juntamente inúteis; não há ninguém que faça o bem, não há nem um sequer”. (Romanos 3:10-12), nenhum esforço humano é capaz de nos introduzir no reino de Deus, por isso Jesus disse que é necessário o novo nascimento. O reino de Deus é um lugar santo, puro, onde não há nenhuma impureza nenhum mal. No reino de Deus não entra pecado, não entra contendas, não entra inveja, não entra fofocas, não entra injustiça, não entra traição, não entra mentira, não entra disputas por posição, … Para entrar no reino de Deus somente através do novo nascimento que só Cristo pode nos proporcionar. Para que possamos ter um novo nascimento, nosso coração deve estar aberto para a palavra de Deus, para os ensinamentos que nosso Senhor Jesus Cristo nos deixou, e estarmos sensíveis ao agir do espírito que fará de nós uma nova criatura, sendo lavados de todo pecado e impureza no sangue do cordeiro, para estarmos purificados de todo mal através do sangue de Jesus. Assim quando vier nos buscar nosso Senhor, possamos ir com Ele até seu reino, para que onde Ele estiver nós possamos estar também, por toda eternidade no reino do nosso Senhor Jesus. Amém!

Por: Hélder Martins

por Hélder SaX Postado em Sem categoria

Crise de Profeta

Texto Base: 1Re 19;1-4
“ E Acabe fez saber a jezebel tudo quanto Elias havia feito e como totalmente matara a todos os profetas à espada. Então Jezabel mandou um mensageiro a Elias, a dizer-lhe: Assim me façam os deuses e outro tanto, se decerto amanhã a estas horas não puser a tua vida como a de um deles. O que vendo ele, se levantou, e, para escapar com vida, se foi, e veio a Berseba, que é de Judá, e deixou ali o seu moço. E ele se foi ao deserto, caminho de um dia, e veio e se assentou debaixo de um zimbro; e pediu em seu ânimo a morte e disse: Já basta ó Senhor; toma agora a minha vida, pois não sou melhor do que meus pais.”

“Há um tempo de sofrer, e há um tempo de chorar!” Sim ! Existe sim esse tempo, e ninguém escapa dele. É muito bom quando tudo em nossa vida flui como esperamos. É muito bom sonharmos enquanto dormirmos e acordar e ver nosso sonho se realizar. Desenhar planos e projetos para nossa vida, e poder realiza-los como se tudo estivesse ao alcance de nossas mãos e sem nenhum impedimento. Áh…Como seria bom…! Ops! Desculpem acho que sonhei um pouco, vamos voltar ao mundo real.
Existe em todo ser humano uma expectativa de vida. Somos seres racionais, a propósitos, o único em toda criação desse planeta. Essa racionalidade de que somos dotados nos permite que criemos expectativas sobre nossa vida. Expectativa é esperarmos algo do dia de amanhã, fazer planos para nossa vida, e muitas vezes esses planos envolvem muitas partes, família, estudos, profissão, religião, ministério, carreira, envolve várias pessoas, e outras coisas mais.
E, isso é comum e normal. É parte de nosso processo vital termos expectativas de realizações, afinal são nossas expectativas que nos levam a viver um dia após o outro. Nossas expectativas nos levam a lutar pelos nossos sonhos, projetos e por tudo aquilo que desejamos para nós, é como um combustível, uma energia que nos move que nos faz buscarmos a cada dia romper barreiras, derrubar fronteiras, vencer obstáculos e não nos deixar desistir. Enfim Expectativa é o que nos move.
Mas, nem sempre as coisas são como nós esperamos que sejam. Muitas vezes nossos planos não saem como nós esperamos. Mas por que isso acontece?
Muitas vezes nossos planos são precipitados, e também muitas vezes são planos mal planejados. As vezes encontramos pedras pelo caminho que nós nunca imaginávamos que elas sequer existissem. Em uma caminhada muita coisa pode acontecer, você pode planejar caminhar por uma estrada até um determinado lugar, mas pode ser que durante essa caminhada apareça uma tempestade que você não estava esperando, pode ser que o sol esteja muito quente e você não consiga prosseguir.
Planejar é uma coisa, mas colocar o plano em prática é outra coisa totalmente diferente Assim somos nós o tempo todo fazendo nossos planos, mas muitas vezes se um plano não sai como esperamos, isso nos abate, nos deixa cabisbaixo, entristecidos, pode até mesmo nos levar a uma depressão e sofremos graves consequências por conta disso.
Diante da frustração de um plano, muitas podem ser nossas reações, mas as primeiras e mais prováveis, é ficarmos abatidos, frios na fé, aborrecidos, e as vezes procuramos até nos isolar de algumas pessoas ou até mesmo de todas se possível. Por que isso ? Porque as vezes a sensação de ver, perceber, que algo está indo contra aquilo que você planeja, ou alguém se levanta, pra poder te atacar, atrapalhar os seus planos, a sensação chega a ser como um choque para nós, nos levando a termos atitudes sem pensar, e nesses momentos pela nossa falta de experiência de vida, de maturidade, ou até mesmo de parar para pensar, nos faz somente enxergar o que está diante de nossos olhos, e se olharmos somente para aquilo que nossos olhos carnais podem enxergar, realmente nossa reação não vai ser das melhores.
Mas, nós como servos de Deus, mesmo diante de um momento difícil, diante de uma luta, tribulação, perseguição não devemos nos dobrar, pois como foi dito antes, todos nós somos passivos de sofrermos todo tipo de problemas, e as provações não fazem acepção de pessoas, tanto ricos como pobres, negros ou brancos, homens, mulheres, adulto, jovem, qualquer ser humano passa por adversidades.
Para mostrar que ninguém está livre das adversidades vamos citar um exemplo, o profeta Elias.
Elias é considerado pelos judeus o maior dentre todos profetas do antigo testamento. Elias foi um profeta que cumpriu seus ministério nos dias do reinado de Acabe rei de Israel e Jezabel rainha de Israel e profetiza de Baal e Aserá, esposa de Acabe. Acabe foi o rei de Israel que mais pecou perante o Senhor, fez o que era mal aos olhos de Deus, oferecia holocaustos no altar de Baal, alimentava os profetas de Baal e Aserá, e nesses dias o Senhor chamou Elias o tisbita para profetizar em Israel.
Elias era um profeta que entregava aquilo que Deus mandava sem temer nada e ninguém, era homem que tinha o Espírito de Deus em si, profetizava com autoridade e o Senhor Deus confirmava aquilo que saía de sua boca. Elias foi o vaso escolhido por Deus para denunciar diante de Israel e perante a face de Acabe e Jezabel, os pecados que o rei de Israel cometia contra o Senhor. Elias sempre foi usado na ousadia do Espírito santo, era um profeta que tinha na sua boca as palavras de Deus e a autoridade do Espírito para profetizar, e foi o profeta que profetizou diante do mais perverso rei de Israel, de maneira que Acabe e Jezabel queriam de várias maneiras acabar com Elias. Em uma das mais famosas passagens bíblicas, Elias convoca todo os Israel, pois o povo se encontrava dividido em sua crença, não sabiam se seguiam ao Senhor Deus, ou se seguiam aos Deus de pagãos de Acabe e Jezabel, então Elias convoca todo o povo de Israel para irem ao monte Carmelo, e junto com o povo chama todos profetas de Baal e Aserá, que eram só os profetas 850 ao todo, para irem ao monte Carmelo para mostrar ao povo quem é aquele que o povo de Israel deveria seguir. Como podemos conferir no primeiro livro dos Reis no capítulo 18 versículos 22 ao 39, O Senhor Deus mostra ao povo de Israel que somente Ele é o Deus todo poderoso. Elias viveu um ministério de glórias, repleto de milagres e manifestações de Deus. Mas chegou um momento na vida e no ministério de Elias, em que Jezabel queria a qualquer preço a cabeça de Elias, e Elias diante dessa situação se encontrou abatido e até mesmo depressivo de maneira que chegou até pedir a morte.
O que aconteceu com Elias não é um fato isolado, muitas das vezes essa história se repete e os protagonistas somos nós, que podemos estar vivendo um período de paz, bonança, farturas, vitórias e glórias, mas diante de uma adversidade podemos cair em um estado abatido e até mesmo depressivo como aconteceu com o profeta Elias. Estas situações são comuns e normais visto que somos seres humanos, falhos e passiveis de erros. Podemos até tentar fugir de diante da face do problema como feliz Elias, que caminhou quarenta dias e quarenta noites até o monte Horebe, e estando ali em Horebe o Senhor falou com Elias: – O que fazes aqui, Elias ?
O Senhor faz esta mesma pergunta a nós, o que estamos fazendo, permanecendo ainda nesse estado ? Por que permanecemos caídos? Por que permanecemos fugindo?
Como dissemos acima, é comum e normal, ficarmos abatidos diante de uma provação, mas o que não podemos é permanecer abatidos. Pois muitas vezes vivenciamos várias experiências com o Senhor nosso Deus, recebemos bênçãos, milagres e livramentos da parte do Senhor, e vem uma luta que parece que nos cega e nos faz esquecer das maravilhas que o Senhor Deus já operou em nossas vidas.
Mas assim como aconteceu com Elias, Deus faz o mesmo conosco, mesmo em meio a luta é possível ouvir a voz de Deus, e ouvir o Senhor nos dizer para voltarmos, porque Ele quer nos usar novamente.
Se você está passando por um momento de dificuldade seja qual for, faça como Elias, que ao querer se esconder foi para o monte Horebe que é o monte de Deus, se você sentir vontade de fugir e se esconder, vá para perto de Deus, busque a presença do Senhor, se esconda no esconderijo do Altíssimo como disse o salmista do salmo 91, e ainda que mesmo você se escondendo, a tempestade, o vento e o fogo queiram ir atrás de você, permaneça firme pois mesmo que eles venham nenhum poder terão sobre ti, porque o esconderijo em que estás é seguro, está protegido pelo guarda de Israel, a sentinela que nunca dorme, e ao fim de todo esse vento, tempestade fogo, você vai ouvir a voz do Senhor te dizer pra você voltar, porque Ele quer te usar novamente, e vai te preparar para uma nova fase ainda mais gloriosa que a primeira como fez com Elias, que mandou ungir Elizeu para profeta em seu lugar, e logo em seguida foi elevado aos céus em um carro de fogo.
Assim Deus quer fazer em sua vida, Deus quer dar inicio a uma nova fase ainda melhor que a primeira. Se levante do estado de depressão, saia de dentro da caverna espiritual que te prende e se esconda debaixo das asas do Altíssimo, porque Deus tem uma nova fase de glórias para sua vida. Creia nisso e siga rumo à vitória, em nome de Jesus. Amém!

por Hélder SaX Postado em Sem categoria

LIVRE ARBÍTRIO

“Livre arbítrio”
Texto base: Gênesis cap 2 ver 15, 16 e 17:
O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo.
E o Senhor Deus ordenou ao homem: “Coma livremente de qualquer árvore do jardim,
mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá”

Deuteronômio 30;15:
Vejam que hoje ponho diante de vocês vida e prosperidade, ou morte e destruição.

Amados, O Senhor Deus, criou o mundo com o principal objetivo de ser um lugar onde Deus pudesse conviver com a coroa da sua criação. Deus criou o mundo em seis dias, em seis dias ele criou tudo que conhecemos, criou os céus, a terra, os mares, rios, cachoeiras, todas as plantas, todos animais, com o objetivo de que a terra fosse um lugar preparado para receber a mais perfeita criação de Deus, o homem.
Deus teve um desejo no seu coração de criar uma criatura com quem ele pudesse se relacionar, uma criatura que fosse diferente dos anjos, alguém que ele pudesse tratar como um filho, abençoar como filho, então Deus cria uma criatura semelhante a Ele, alguém que dominasse na terra assim como Deus domina em todo o universo. Deus deu ao homem, atributos que Ele não deu a nenhuma das outras criações, a ideia de Deus era poder estar perto do homem, ou ate mesmo junto do homem, poder se relacionar com ele como um pai se relaciona com um filho, ou como dois bons amigos se relacionam. Pois o Senhor Deus teve uma pessoa que era muito próxima dEle, alguém que se relacionava com Deus, alguém que tinha a posição mais privilegiada entre os anjos dos céus, essa pessoa era “Lucifer”. Lucifer significa “portador de luz”, “estrela da manha”, Lucifer era um querubim, um anjo que ocupava uma das mais altas posições na hierarquia do ceu. Se destacava entre os demais querubins por ser aquele que regia os corais celestiais, era aquele que preparava os louvores a serem ofertados a Deus.
Mas algum tempo antes de Deus criar o homem, Lucifer deixou descer ao seu coração o terrível sentimento da inveja, lucifer queria ser igual a Deus, ou ate mesmo, queria ser maior que Deus. Esse sentimento de Lucifer, esse desejo de rebelião fez com que um terço dos anjos dos céus seguissem lucifer no seu desejo de ser maior que Deus. Mas o Senhor nosso Deus como e onipresente, onisciente e onipotente, ao saber das intenções de Lucifer, expulsou ele do ceu tirou seus privilégios, tirou parte do seu poder, tirou o resplendor da luz de Deus e o lançou para fora dos céus.
Deus e um ser que gosta de se relacionar, e após Lucifer ser expulso dos céus, Deus resolve criar uma nova criatura, alguém que fosse para Deus, mais do que um ente próximo, mais do que um servo, Deus queria criar um ser semelhante a Ele, então Deus decide criar o homem. Mas antes de criar o homem o Senhor Deus prepara um lugar para que o homem pudesse viver e Deus pudesse estar com o homem, então Deus cria a terra e tudo o que conhecemos, e após ter criado todas as coisas Deus cria o homem, para ser seu novo e maior amigo.
Deus estava entristecido com a atitude de Lucifer, Deus não queria que o homem cometesse o mesmo erro, então Deus ao criar o homem, Deus cria o homem como um ser livre, mas com responsabilidades. Deus queria um ser que fosse obediente a Ele assim como um filho deve ser obediente a seu pai, então Deus depois de ter criado o homem, Deus da ao homem a liberdade, o direito de escolha, o direito de ser livre, porque Deus queria que o homem fosse obediente a Deus, mas para ser obediente, o homem tinha que correr o risco de ser desobediente, pois não existe obediência sem a possibilidade da desobediência. Entao Deus mostra ao homem que Ele tinha posto no meio do jardim, duas arvores, uma era a arvore da vida e a outra era a arvore do conhecimento do bem e do mal. Deus diz ao homem,” de todas as arvores comereis, mas do fruto da arvore do conhecimento do bem e do mal não comereis, pois no dia que dele comer certamente morreras”. Nessa passagem Deus mostra ao homem, que Deus deu para o homem o direito de escolha, Deus criou o homem como um ser livre que tem liberdade para agir, Deus poderia ter criado o homem, como um ser programado, para fazer todas suas vontades automaticamente, poderia ter criado o homem como se fosse um robô, mas não era essa a intenção de Deus, Deus não e ditador, Deus não e manipulador, Deus não queria um ser que fosse obrigado a fazer a sua vontade, Deus queria um ser que fosse obediente a Ele pela livre vontade do coração, Deus deu ao homem o direito de escolha, para que o homem possa escolher de coração fazer o que agrada a Deus, por isso Deus criou o homem livre.
Damos a essa liberdade o nome de “LIVRE ARBÍTRIO”.
O livre arbítrio é o direito que Deus deu ao homem para que esse possa tomar suas próprias decisões, sem ser obrigado a nada.
Como exemplo na passagem de genesis capitulo 2 no versículo 17, Deus dá ao homem uma ordem, para que não coma da arvore do conhecimento do bem e do mal, mas Deus não obriga o homem a não comer dessa árvore.
Isso é uma grande lição para nós, pois muitas vezes o Senhor nos dá ordens, mandamentos, nos dizendo para fazer uma coisa, não fazer outra, mas o Senhor não te obriga a fazer nada, Ele apenas dá a sua ordem, mas a atitude de obedecer cabe a nós.
Seguir a Cristo, é uma questão de livre escolha do homem, ninguém foi obrigado a aceitar Jesus como seu único Senhor e Salvador, quando alguém aceita a Cristo é um ato voluntário de livre escolha da pessoa. Mas aceitar a Jesus não é só atender ao apelo do pregador, ir até a frente do altar com as mãos levantadas e dizer “Senhor! Eu te aceito!”. Aceitar a Jesus como único Senhor e Salvador, é também aceitar um novo padrão de conduta, aceitar suas leis, seus mandamentos, seus estatutos, seus juízos.
Mas essa liberdade de direito de escolha esta ligada a uma responsabilidade das consequências de nossas escolhas. Deus nos da liberdade de escolhermos seguir a Ele ou não, mas a responsabilidade das consequências é inteiramente nossa. Por exemplo, em gênesis capítulo 2 versículo 17 onde o Senhor faz seu primeiro teste de obediência com o homem, o Senhor diz ao homem qual seria a consequência de desobedecer a Deus comendo da arvore que o Senhor ordenara que não comesse. O Senhor disse, “no dia em que comeres certamente morrerás”, O Senhor não falava de uma morte física, mas de uma morte espiritual que era a perda da intimidade com Deus, e assim aconteceu com o homem, o homem fez sua escolha e pagou o preço pela escolha desobediente.
O livre arbítrio é mais importante do que pensamos, como falamos, é muito mais do que você dizer que serve a Deus. O livre arbítrio, não é só o direito de escolher seguir a Deus ou não, o livre arbítrio implica em todas nossas decisões.
A palavra LIVRE significa – Aquele que tem a faculdade de agir ou não agir, isto é, aquele que tem a escolha de agir ou não agir.
A palavra ARBÍTRIO significa – Juízo, sentença.
Então entendemos que o livre arbítrio é a liberdade de tomar decisões, fazer escolhas aceitando o juízo, punição ou sentença.
Toda vez que você se depara com uma situação onde você tem que fazer escolhas o livre arbítrio entra em cena, e ao tomar a decisão automaticamente você estará aceitando a consequência dessa decisão. Em Deuteronômio no capítulo 30, Moisés instrui o povo hebreu de acordo com a palavra do Senhor, de acordo com seus mandamentos, estatutos e juízos, e falando ao povo que o Senhor colocava diante deles dois caminhos, dizendo no versículo 15 que o Senhor colocava diante deles a vida e a morte, a benção e a maldição, e logo a frente nos versículos seguintes o Senhor fala quais seriam as benção que eles receberiam se escolhessem o caminho da vida e da benção, e quais seriam as tristes consequências se eles escolhessem a morte e a maldição.
O Livre arbítrio vai além disso, muitas das vezes procuramos justificativas para nossas atitudes erradas, dizemos que fizemos isso por causa disso, ou aquilo por causa daquilo, mas a verdade é que nós somos os únicos responsáveis pelas nossas atitudes.
Você leva a vida que você quis ter, a atual situação da sua vida é consequência das atitudes que você tomou no passado.
É importante também destacarmos que o livre arbítrio nos permite, pecar ou não pecar. Não existe desculpas, se você faz uma coisa que você não é obrigado a fazer, a verdade é que se nós pecamos, pecamos por livre e espontânea vontade, pois somos livre para escolhermos o caminho em que devemos andar.
Então devemos ter em mente que o Senhor nosso Deus nos criou com o direito de liberdade, para fazermos nossas escolhas pela nossa própria vontade segundo o desejo do nosso coração, mas o Senhor sempre nos alerta em sua palavra, usando os pregadores, e profetas para nos alertar, quais são as bênçãos, e as consequências, que nos sobrevirá de acordo com nossas atitudes.
“Escolhe pois a vida para que vivas! Dt 30;15”

por Hélder SaX Postado em Sem categoria

PELA FÉ !!!

E Jesus lhes disse: Por causa da vossa pequena fé; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá-e há de passar; e nada vos será impossível.   Mt 17;20

 

UM HOMEM QUE PELA FÉ PAROU UMA COLUNA DE TANQUES DE GUERRA !

 

Até onde vai nossa fé? Até que ponto somos capazes de ir, segundo nossa fé?

Jesus sempre ao ensinar falava da importância da fé e que sem ela seria impossível agradar a Deus, e muitas das vezes ao realizar seus milagres, Jesus perguntava à pessoa se ela cria que Ele podia curá-la. Diante da expressão da fé que as pessoas faziam procurando Jesus, crendo nEle e obedecendo à sua voz, o Senhor Jesus fazia vários milagres, relatados nos evangelhos.

Sem a fé é impossível agradar a Deus ! Diante dessa frase como nos sentimos? Tem sido nossa fé agradável ao Senhor, temos ao menos tido fé ? Ou mesmo diante das promessas de vitória e das palavras de consolo que o Senhor tem falado a nós, estamos incrédulos e  em dúvida em relação àquilo que o Senhor nos prometeu ? Ao longo da história bíblica vemos que os grandes homens de Deus foram aqueles que mantiveram a fé, crendo e ouvindo à palavra de Deus. Homens como Abraão que é conhecido como o “pai da fé”, Gideão, Moisés, Davi, e vários outros, que creram no Deus dos céus e enfrentaram e derrotaram homens valentes, grandes guerreiros, venceram obstáculos, barreiras, muralhas, nada os podiam parar. E a nós o que nos tem parado? Quem é o Golias dos dias de hoje? Quem é o mar que te impede de chegar onde você deseja ir? Quem são as muralhas de Jericó, que você considera intransponíveis, e impossíveis de passar por elas?

O Senhor tem prazer na sua vitória, tem prazer em ver você atingindo seus objetivos sendo um vencedor.

Deixe seus medos de lado, por mais que o inimigo pareça grande e poderoso, quem está com você e por você é maior e mais poderoso que possamos imaginar, Deus é o seu protetor e seu guardador, Ele garante sua vitória naquilo que Ele te prometeu, se tão somente crer nEle. Como diz a palavra “A fé sem obras é morta”, saia da comodidade e corra atrás de seus objetivos. Basta uma atitude sua para que o Senhor reaja e a vitória seja sua

.

Isaías 41 ver 10 Não temas pq eu sou contigo; não te assombres, pq eu sou teu Deus eu te esforço e te ajudo e sustento com a destra da minha justiça.

 

 

Pela fé posso clamar
Pela fé posso enxergar
Pela fé posso tocar
Pela fé, pela fé

Não há muralhas que ficarão de pé
Diante de mim
Estou firmado em Cristo pra sempre
Tenho a luz em mim
Pela Fé…

Pela fé posso mudar
Pela fé posso alcançar
Pela fé posso viver
Pela fé, pela fé

 

Música “Pela fé” de André Valadão

 

por Hélder SaX Postado em Sem categoria

Suas escolhas, onde te levarão ???



 

Porque este mandamento, que hoje te ordeno, não te é encoberto, e tampouco está longe de ti.

Não está nos céus, para dizeres: Quem subirá por nós aos céus, que no-lo traga, e no-lo faça ouvir, para que o cumpramos?

Nem tampouco está além do mar, para dizeres: Quem passará por nós além do mar, para que no-lo traga, e no-lo faça ouvir, para que o cumpramos?

Porque esta palavra está mui perto de ti, na tua boca, e no teu coração, para a cumprires.

Vês aqui, hoje te tenho proposto a vida e o bem, e a morte e o mal;

Porquanto te ordeno hoje que ames ao SENHOR teu Deus, que andes nos seus caminhos, e que guardes os seus mandamentos, e os seus estatutos, e os seus juízos, para que vivas, e te multipliques, e o SENHOR teu Deus te abençoe na terra a qual entras a possuir.

Deuteronômio 30: 11-16

 


Durante todo período do êxodo, o povo hebreu em sua caminhada pelo deserto rumo à terra prometida, cometeu várias atitudes que desagradaram ao Senhor, eram  incrédulos, murmuradores, idólatras, de dura cervís, e mesmo sendo testemunhas dos grandes sinais e maravilhas que o Senhor fizera para os tirar do Egito não tiveram boa conduta na peregrinação fazendo com que muitas vezes fossem castigados,mesmo com o Senhor lhes dando Sua Lei, seus mandamentos e estatutos para que o povo andasse em retidão em seus caminhos, eles faziam escolhas erradas, uma jornada que duraria 14 dias, se tornou uma peregrinação de 40 anos, e da geração que saiu do Egito só duas pessoas entraram na terra prometida, todo o restante do povo não entrou por desobediência à Lei do Senhor.

Assim como o povo chamado hebreu, muitas vezes nós nos encontramos na mesma situação, temos ciência da palavra de Deus, de seus estatutos e juízos e mesmo assim endurecemos a nossa cervís para não atentarmos à palavra de Deus, fazemos nossas escolhas segundo nossa vontade carnal, olhando as aparências, e entramos por caminhos que nos levarão a lugares onde nunca queremos estar.

O cristão deve estar sempre em oração, em comunhão com o Pai através do Espírito Santo, e na fé em Jesus para andar segundo a vontade de Deus que é boa, agradável e perfeita. Antes de fazer qualquer escolha não se precipite, a pressa é inimiga da perfeição, Deus sempre responde a oração de um servo seu, e Ele quer o melhor para todos nós, se dermos ouvidos à voz do Senhor, Ele trará sobre nós todas as promessas, e nos fará um povo abençoado como Abraão.

Jesus lhes abençoe !

/Hélder Martins     07/11/2010

 

por Hélder SaX Postado em Sem categoria

Arrebatamento da igreja !

Gn 5, 21-24 :

E viveu Enoque sessenta e cinco anos, e gerou a Matusalém.

E andou Enoque com Deus, depois que gerou a Matusalém, trezentos anos, e gerou filhos e filhas.

E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos.

E andou Enoque com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus para si o tomou.

Os tempos estão se findando, as profecias são cumpridas a cada instante, coisas que pensávamos durar anos pra acontecer estão demorando apenas alguns poucos minutos, os apolíticos com suas promessas de um Brasil melhor para se viver, tentam ludibriar a população fazendo falsas promessas, divulgando dados inverídicos, falando coisas que não aconteceram, tudo com o objetivo de iludi a população coma idéia de que as coisas estão melhores que alguns anos atrás e que ainda irá melhorar, mas sabemos que a palavra de Deus que é verídica e eficaz, nos diz o contrário, nos diz que dias piores virão sobre a terra. Se lermos o cap 25 do Evangelho de São Mateus iremos nos familiarizar com as palavras que Jesus disse aos seus discípulos sobre quando seria sua volta e que sinais haveriam da sua vinda. É indiscutível que estamoas às portas do arrebatamento, Jesus virá a qualquer momento para buscar o seu povo, a igreja santa e imaculada, para cear com Ele as bodas do cordeiro.

Mas como tem sido nossa conduta nesse tempo do fim ? Temos levado o evangelho às pessoas que ainda não reconhecem a Cristo como seu único Senhor e Salvador ? Temos visitado os presos e doentes ? Levado o evangelho de salvação aos que perecem espiritualmente ? Temos lutado contra as práticas abomináveis que procuram legalizar no congresso nacional ?

Jesus virá buscar uma igreja Santa e Imaculada, pura e limpa, sem pecado, pois somos justificados pelo Sangue de  Jesus.

Lemos na bíblia lá no livro de Gênesis no cap 5 versículo 21-24, falando sobre Enoque, o sétimo depois de Adão, o sétimo é sempre alguem de destaque na genealogia bíblica. Enoque viveu em uma era corrompida pelo pecado, pela iniqüidade, pelas maldades, assim como tem sido nossos dias atuais sobre a face da terra, os tempos de Enoque foram perídos anteriores ao dilúvio, quando o Senhor Deus se arrependeu de ter feito o homem, por causa da grande maldade que havia se espalhado sobre a terra, e enviou o dilúvio afim de limpar toda terra da maldade deixando viver apenas a família de Noé porque noé achou graça aos olhos de Deus. Este foi um período onde os homens vivam uma vida mais longa que nos dias atuais(Adão 930 anos,  Sete 912 anos, Enos 905 anos, Cainã 910 anos, Maalalel 895 anos, Jarede 962 anos, Enoque 365 anos, Matusalém 969 anos, Lameque 777 anos), porém dentre estes Enoque foi o que viveu menos tempo. A palavra do Senhor no livro de gênesis cap 5 versiculo 21-24 nos leva a entender que Enoque foi um homem que viveu uma vida reta e pura diante do Senhor, pois no versículo 24 lemos claramente que Enoque andou com Deus, ou seja viveu uma vida que agradara a Deus de maneira que Enoque não passou pela morte, não sentiu a morte, pois Deus o tomou para sí, arrebatando-o até o céu, isso nos leva a ter uma idéia de como o Senhor fará com sua igreja, quando chegar o grande dia da sua volta irá acontecer o maior acontecimento de todos os tempos, o Senhor JesusRei dos reis e Senhor dos Senhores irá buscar a sua igreja para livrá-la das coisas terríveis que hão de acontecer sobre a terra, pois assim como nos dias de Enoque, hoje também vivemos tempos de imoralidade sexual, prostituição, aberrações, bebedices, roubos, corrupção, fome, doenças, são muitos os problemas que assolam a terra, mas estajamos atentos à palavra do Senhor que nos diz, Bem aventurado aquele servo que quando voltar seu Senhor o achar servindo! Precisamos estar trabalhando na sera do Senhor, pregando o evangelho da salvação às almas, levando a palavra de Deusa todas as pessoas, para que sejam salvas conosco e possamos em breve nos reunir com Aquele que deu sua vida por nós, que nos resgatou com Seu Sangue. Ora vem Senhor Jesus!

por Hélder SaX Postado em Sem categoria

Por entre ou sobre as águas? Onde você quer passar?

Por entre ou sobre as águas? Onde você quer passar?

Texto base : Ex 14;21   Então, Moisés estendeu a mão sobre o mar, e o Senhor, por um forte vento oriental que soprou toda aquela noite, fez retirar-se o mar, que se tornou terra seca, e as águas foram divididas. 22 Os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas lhes foram qual muro à sua direita e à sua esquerda.

Mt14;29 E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus.

Temos vivenciado e sido testemunhas de trágicos acontecimentos causado pela força das águas. Tsunamis, enchentes, temporais têm causado fatalidades no mundo inteiro. Não há nada que pare na frente dessas águas, por onde passam mudam a paisagem, o lugar nunca mais é o mesmo.

Assim como essas águas, são as tribulações do dia a dia, algumas de fácil percepção e fácil de passar por elas, mas, existem outras que nos dão uma rasteira, chegam a nos derrubar, quando nos damos contas já estamos caídos. As vezes por um problema que poderia ter sido evitado, mas a falta de vigilância propiciou a queda, poderá ser também um objetivo que você tem a atingir, e ninguém se levanta pra dizer: “Deus é contigo”, “Vai nessa fé”,mas só se levantam pra dizer que: “ É difícil”, “Não vai dar certo”, “Isso não é pra você”, as palavras tem poder e muitas pessoas tem caído devido a palavras proferidas sem pensar, infelizmente tem muito cristão emprestando boca pra satanás, quem nunca levou uma pedrada de um ”amigo”? Se já levou, Graças a Deus por isso, porque só se joga pedra em árvore que dá fruto!

Muitas das vezes nos decepcionamos por confiarmos demais em pessoas, ao invés de confiar e esperar do Senhor a ajuda, o escape, a benção tão desejada.

São tantas e tantas as pessoas que se sentem em uma situação sem volta, em um buraco sem saída, vão a igreja buscar uma palavra de fé, de avivamento, mas o que ouvem é uma palavra assassina da fé, levam uma rasteira espiritual, perdem as esperanças no Deus que servem. Quando o Senhor nos dá uma ordem, devemos segui-la, ficamos pedindo bênçãos, pedindo ao Senhor para abrir portas, mas muitas vezes quando recebemos a resposta de Deus para seguirmos em frente, paramos no caminho, olhamos somente para as dificuldades, esquecemos que não estamos indo por conta própria, mas sim pela direção do Senhor, não importam as pedras no caminho, não importam se as montanhas são intransponíveis, se você der de cara com o mar e logo atrás faraó vem contra você, siga em frente e marche, o mar se abre, Canaã é do outro lado, sua benção está ali, não desista. Mas se você se sente afogado pelas ciladas do inimigo, sente que ele já tragou sua vida, não se desespere, faça como Moisés, clame por Deus, mas você olhou e não viu nenhum mar aberto, não se preocupe, levante a cabeça olhe logo aí na sua frente lá vem seu Senhor caminhando sobre as águas, e Ele diz pra você; VEM!(Mt14;29)

Hélder Martins    31/12/2009 02:24hs

por Hélder SaX Postado em Sem categoria

Sua benção é uma semente e precisa ser cultivada!


Sua benção é uma semente e precisa ser cultivada!

Gênesis 2;4 Quando o Senhor Deus fez o céu e a terra, 5não haviam brotado nem capim nem plantas, pois o Senhor ainda não tinha mandado chuvas, e não havia ninguém para cultivar a terra.

Você já ouviu alguém dizer que sua benção já havia sido providenciada? E qual foi sua atitude? Tenho certeza que a mesma da maioria das pessoas tomou posse e ficou esperando, certo? E até hoje, sua benção não chegou em suas mãos, não é verdade? E você cheio de duvidas, incertezas e talvez até com frustrações se pergunta; Por que? Será que foi pelo fato de você estar até hoje, esperando?

São muitas as vezes em que cruzamos os braços assim que recebemos a noticia de que aquilo que buscamos já foi providenciado,  nossa ação imediata é descansar, relaxar, acomodar e pensar que já está tudo resolvido e que não precisamos fazer mais nada. Pensamento errado este! Nenhuma árvore dá seus frutos já maduros, todo fruto nasce como uma semente, muda sua forma, vai crescendo, se desenvolvendo até ser uma fruta madura, pronta para consumo. Quando Deus criou o mundo não foi como em um passe de mágica, tudo aconteceu de maneira natural e normal, nenhuma árvore já apareceu grande e cheia de frutos, nenhum animal já apareceu em idade adulta, tudo nasceu com nasce hoje. Só depois de chover e de haver o homem para cultivar a terra é que tudo se desenvolveu completamente, as arvores e plantações cresceram e deram frutos, os animais foram domesticados e treinados. Devemos tomar essa lição aplicá-la a nossa vida pessoal, pois quase sempre deixamos nossa benção murchar dentro da terra porque não cultivamos ela, acabamos a deixando morrer sem ao menos nunca ter olhado pra ela. Nossa benção é a semente, é a parte dada pelo Criador, Ele nos dá a semente e envia a chuva, para que essa brote. A chuva no nosso dia-a-dia são os recursos que Deus nos manda para nosso sustento, nosso auxílio. E nós somos os agricultores, somos sós quem devemos cuidar e cultivar as sementes que Deus tem plantado em nossas vidas, pois toda semente plantada em terra boa, se foi devidamente cuidada, brotará, será arvore e dará seus frutos no tempo certo.

Hélder Martins  28/01/10   03:26

por Hélder SaX Postado em Sem categoria

DNA Divino!

DNA Divino!

Cada ser humano, leva consigo traços e características particulares de seus familiares ascendentes. Cada ser humano tem em suas células um código genético conhecido como DNA, esse DNA é como se fosse uma receita de como você foi projetado para ser. Nele estão contidas informações genéticas, transferida por seus pais no ato da fecundação. Esse processo chamado FECUNDAÇÃO é o encontro da célula reprodutora masculina (espermatozóide) com a célula reprodutora femina (óvulo). Essas células reprodutoras são as responsáveis pela nossa formação, são células vivas, no ato da reprodução existe uma disputa entre os espermatozóides para poderem alcançar o óvulo, pois aqueles que não conseguirem alcançar morrem, uma grande quantidade deles não consegue nem alcançar o óvulo. Aquele que consegue, esse penetra no óvulo, esse, junto com o óvulo irão determinar as informações genéticas que serão usadas na formação do feto. Nós só herdamos as características de nossos pais através do DNA, sem esse é impossível provarmos cientificamente nossa genealogia. Enfim o DNA o modo de transmissão hereditária das características particular de cada ser humano !

Existem dois tipos de hereditariedade, “específica” e “ individual”. Hereditariedade específica é aquela comum de seres da mesma espécie, por exemplo, as informações genéticas que fazem todos seres humanos terem dois braços, duas pernas, cabeça, tronco, dois olhos. São as informações comuns entre seres da mesma raça. Hereditariedade individual são o conjunto de informações que designam nossos traços particulares, como cor dos olhos, estatura, cor de pele, funcionamento de órgãos, etc. Todo ser humano tem em seu DNA combinações genéticas transmitidas pelos pais através das células reprodutoras, que resultam em um novo código genético que nos faz sermos diferente de todos os outros seres humanos, nem mesmo entre gêmeos há 100% de semelhança, quando são mínimas as diferenças físicas, nem sempre o funcionamento dos órgãos é o mesmo, podem existir diferenças, psicológicas e emocionais.

Existiu um homem, que não possui “árvore genealógica”, pois não foi gerado de maneira natural, através de fecundação, este foi Adão, o homem que Deus formou do pó da terra. Adão foi criado à imagem e semelhança de Deus, seu criador, não imagem e semelhança físicas, e sim uma imagem e semelhança da sua santidade, do seu amor, da sua eternidade, de suas virtudes. Adão possuía um DNA puro, limpo, sem contaminação, pois nada nasce mal, nem o próprio Satanás foi criado um ser malvado, a maldade entrou no seu coração através da cobiça de ser igual a Deus. Adão em seu estado de pureza, de inocência tinha acesso direto ao Criador, a bíblia nos diz que Deus passeava no jardim do Éden, Adão tinha um relacionamento pessoal com Deus, como nós temos com nossos amigos e colegas de trabalho. Mas por conta da desobediência de Adão, dando ouvidos a satanás, que já havia caído e sido destituído de sua posição privilegiada, fez com que o homem, ser que Deus criara e convivia com Ele, pecasse e perdesse o contado com a Divindade.  A partir desse momento Deus não fez mais contato direto com o homem, pois esse havia perdido seu estado original de pureza e santidade, e sem santidade ninguém pode ver a Deus. A humanidade foi punida com variedade de males que dominaram esta por conta do pecado de Adão, existem dois tipos de pecados, tem aqueles pecados que são individuais, são pecados pessoais, coisa de cada ser humano, e existe aquele pecado que é a impureza da carne que é passado a toda descendência de Adão. A carne se tornou imundo, deixou de ser pura, e essa imundícia foi sendo transmitida de pai para filho, desde Adão até o ultimo bebê nascido. Mas depois de Adão existiu mais alguém que tem um DNA puro, “o segundo Adão”. Maria a “mãe” de Jesus, era uma virgem , nunca havia tido relações com homem nenhum, e como vimos no início, não há transferência de código genético sem fecundação, se José não era pai biológico e Jesus, toda via Maria também não poderia ser sua mãe biológica, pois seria impossível haver fecundação na ausência da célula reprodutora masculina. Se não houve espermatozóide, tão pouco haveria um óvulo. Jesus tinha um corpo semelhante ao nosso, mas não possuía o DNA manchado pelo pecado, seu DNA era puro como o de Adão antes de sua queda. Jesus tinha acesso direto ao Pai Celestial, pois era santo como Deus o é. Nós que somos gerados de forma natural, temos nossa natureza pecaminosa herdada de Adão, o que nos tira o acesso direto ao criador, mas como o apóstolo Paulo disse ”Não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim”, através de Jesus, podemos recuperar nosso estado de santidade, de pureza. Quando nos esvaziamos de nós mesmos, damos lugar para que a presença de Cristo tome conta em nossas vidas. E essa presença pura do Senhor Jesus, nos trás de volta à santidade, à pureza, à imagem e semelhança do Criador, pois o sangue de Jesus, vertido na cruz fez novas todas as coisas.

por Hélder SaX Postado em Sem categoria

Que propaganda você tem feito a seu respeito?

Que propaganda você tem feito a seu respeito?

Que imagem as pessoas tem a seu respeito? Como você é visto? É uma pessoa agradável? As pessoas tem vontade de estar com você? Você é um mensageiro da paz e do amor de Deus, ou será alguém que só tem uma palavra pessimista e notícias ruins para dar?

Viver nesse mundo não é uma aventura prazerosa todo o tempo, estamos sujeitos a quedas, tempestades, tribulações, problemas familiares, no trabalho, com a sociedade, financeiros de saúde, emocional e espiritual.

Vivemos em sociedade, somos seres sociais, isto é, em conjunto, dependemos de outros seres humanos para nos relacionar Gn 2 18 ¶ E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele. Ninguem que vive isolado nesse mundo é um ser humano feliz, imagine um homem exilado, pense na solidão que ele irá passar; não é nada agradável. Muitas vezes estamos cercados de pessoas e familiares e nos sentimos sozinhos, imagine você sozinho em um lugar sem ninguém à sua volta. Você não quer que isso aconteça, certo? Mas o que você tem feito? Qual é a imagem que você passa? As pessoas te vêem como uma pessoa agradável? Ou você é do tipo que as pessoas só querem distância, porque você nunca tem uma palavra agradável para dar?

Jesus deixou sua glória no céu para pregar as “boas novas”, Ele veio do céu para nos trazer “boas notícias”. O mundo estava desanimado, sem forças desiludido, esperando a tanto tempo por sua libertação, pelas promessas, e só passando por aflições, assolações, muitos já não acreditavam mais, já não havia mais esperança. Mas a palavra do Senhor nos diz que ainda que uma arvore esteja seca, ao cheiro das águas ela brotará. Jesus nos trouxe água, nos trouxe alimento, seu ministério despertou o que adormecia, Ele regou nossos corações com a sua palavra e nos devolveu o ânimo, a esperança, e como seus discípulos devemos fazer a mesma coisa. Mas o que temos feito? Temos levado paz, amor e esperança aos corações aflitos? Temos sido portadores da paz que Jesus nos deu?

Todos nós temos problemas, aflições, momentos difíceis, mas somos mais que vencedores em Cristo Jesus, mas e as almas que ainda não se renderam ao Senhor? O que temos feito por elas, temos levado paz e esperança a elas, ou elas só nos vêem reclamar, murmurar, trazer más notícias, se fizermos isto estaremos sendo imitadores de Cristo? Claro que não, Jesus nem no momento de sua crucificação reclamou de nada, e nós do que temos reclamado? Será mesmo que nossos problemas são dignos e reclamação murmuração? Muitas vezes ao invés de darmos uma palavra de esperança a um colega de trabalho, amigo, ou familiar, vamos logo e cara desabando nossos problemas em cima da pessoa, mas e a pessoa? Como está a vida dela? Talvez ela tenha mais problemas que nós, esteja passando por coisas mais difíceis, e nós ao invés de levarmos a paz, levamos palavra de desânimo de desesperança.

Precisamos deixar o brilho do Espírito Santo refletir em nós, sermos testemunhas das “boas novas” que Jesus nos ensinou, existem pessoas sedentas por uma palavra de paz, não uma paz que o mundo promete, mas a paz de espírito que só o Senhor concede.

João

14:27 Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.

Hélder L. D. MartinS  07/05/2010 12:01

por Hélder SaX Postado em Sem categoria